quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Homem grávido!

O meu filho mais velho já está se formando no Ensino Médio, 17 anos e tal, e só agora meus amigos começam a ter filhos. Tenho a impressão de que está todo mundo grávido!
E para aumentar a turma da nova geração o querido amigo Samir Nassif providenciou com a Karina o pequeno Bernardo, que chega ao mundo em janeiro!

O Samir criou um blog bem interessante sobre a gravidez e a paternidade.

Fica a indicação para o pessoal que está contribuindo com o aumento da população mundial!!





Por que os pais nascem juntos com seus filhos!




terça-feira, 29 de novembro de 2011

Sonhos cotidianos, amores mortos, saudades do que não existiu.




Abandonar os sonhos não vividos, o que poderíamos ter sido juntos e não fomos é, às vezes, mais difícil do que deixar para trás o que realmente se viveu. .   






Trecho(inho) do livro novo
Romã - amor de trás pra frente. 

Laguna - espaços que nos constituem.


Eu sou filha do sul, cresci em uma cidade chamada Província de Porto Alegre, mas meus verões são catarinos, meu sangue também. Pacheco e Wendhausen. Amo Laguna não sem minhas restrições e implicâncias, claro, por que implico com tudo o que amo, mas Laguna está em mim de um jeito bom.
Os espaços em que crescemos nos constituem. Laguna me tornou fascinada pela História, por histórias de amor, luta e coragem, por tudo o que é arrebatador e transforma. Minha biza morava no centro histórico, centro do centro, ao lado da casa da Anita Garibaldi - vale dizer que a casa que dizem ser de Anita era, na verdade, a casa do seu tio, ela apenas se arrumou ali para o seu casamento com o Manoel dos cachorros. Anita casou na igreja de Santo Antônio e fez sua festa na casa ao lado do cemitério - cemitério ao lado da igreja- casa que hoje é um centro espírita. Pois bem, a casa da minha Biza fica ao lado do centro espirita. Cresci ali, pulando corda, brincando na casa da Anita, correndo na praça, cercada de passado. Eu sempre soube que ali tinha acontecido algo importante. Isso pra mim tem uma mistica, um encantamento, uma força.  
A Anita sempre me impressionou . Tudo bem hoje largar tudo e fugir com um forasteiro que pintou na cidade, hoje em dia não é um grande escândalo, mas no tempo dela? Ela estava 500 na frente do seu tempo, modernérrima.




A República Juliana tem seus defeitos, claro, ainda hoje é provinciana e fofoqueira. Lá todo mundo sabe da vida de todo mundo, de que família se é, como, onde, quando, super preocupados com que os outros vão pensar (o que não percebem é que "os outros" são eles mesmos, prisioneiros do olhar do outro).  E por isso Anita é sensacional. Minha mãe conta que quando eu não queria comer ela dizia que aquela era a comida da Anita Garibaldi, ai eu comia. Tipo os meninos com a comida do Popeye, comer para ficar forte. Eu queria ser forte como Anita. 


Meus fantasmas vivem em Laguna, amores também, dos poucos namorados que tive, quase todos eram de lá. Fui muito feliz em Laguna. 


Encontrei recentemente o trabalho fotográfico do marido de uma prima lá de Laguna, o Marco Bocão. Achei lindo os registros que ele fez da cidade, ele não fotografou Laguna, ele fotografou a minha Laguna. Capturou com muita sensibilidade e competência essa mistica que a cidade tem, essa coisa meio mágica que paira em Laguna.  


Domingo passei a tarde com minha avó que me contou várias histórias de família e da cidade, ri com ela e comentei:

_ Vó Laguna não é provinciana é rodriguiana! 

É, rodriguiana, de Nelson Rodrigues. Aliás ele deve ter conhecido Laguna, quem compôs a canção "é por debaixo dos panos que a gente faz", também. Laguna guarda histórias fantásticas de amores impossíveis, traições, intrigas e outras temperos, mas isso é assunto para outro post.


  

domingo, 27 de novembro de 2011

Amor Imenso Amor.




Um homem pode facilmente conquistar o corpo de uma mulher,

no entanto, raros são aqueles que conquistam sua alma. 

Esses são para sempre,

amores transcendentes.





Andréa Beheregaray

sábado, 26 de novembro de 2011

Meu primeiro amor, Roberto.

*



Você foi
O maior dos meus casos
De todos os abraços
O que eu nunca esqueci

Você foi
Dos amores que eu tive
O mais complicado
E o mais simples pra mim


Outra vez.
Roberto Carlos


* Aos quatro anos com meu LP do Roberto Carlos,
junto com os discos de histórias infantis
muito Roberto Carlos.
Eu tinha TODOS os discos, ouvia direto!

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

A arte,o artista e a criação.





Processo criativo.

Materializar os momentos cotidianos, as grandes experiências humanas, as emoções sublimes ou cotidianas, tudo isso implica um enorme esforço, todo seu corpo fica comprometido, sua energia fica envolvida nesse processo, toda sua alma também.

Se você quiser criar algo realmente bom, isso tem que ser seu. Algo de dentro de você reacriado fora, por tinta, verso, cena, estrofe, dança, canção...seja lá a forma de expressão artística que você escolher, não há como se envolver pela metade!  



Quero indicar dois blogs de duas pessoas realmente interessadas no processo criativo, comprometidas.

O blog do Fábio, Filosofia Hoje     http://www.filosofiahoje.com/

 e o blog da Karine, Mytales http://talestelling.blogspot.com/



Sobre pessoas discretas.




O sujeito
excessivamente
discreto
é um vaidoso
disfarçado

Se esconde
em demasia
para aguçar
a curiosidade
e chamar
atenção





Andréa Beheregaray

Da série
As coisas nem sempre são o que parecem
ou vá além do óbvio.  

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Dica quentíssima de livros - diários.


Chegou hoje, para minha perdição, três livros maravilhosos!

Os diários de duas escritoras fantásticas : Sylvia Plath e Anaïs Nin.

Bem diferentes entre si as duas se assemelham na paixão pelas palavras.

O diário de Sylvia vai de 1950 - 1962 e os de Anais de 1932 - 1937.  

Escrever é viver. 

Louca pra ler, vou me deliciar agora!!

Fica a dica. 




Problema sério.







"O problema em ser inteligente

é que quando a gente se faz de bobo

ninguém acredita."







Andréa Beheregaray

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Coração.







Você me fez pensar que
afetos verdadeiros não se perdem.

 
Que levamos muito tempo para amadurecer.
E no caminho dizemos o contrário do que sentimos,
Por que o que sentimos não sabemos dizer.


Você me fez pensar que afetos verdadeiros
são circulares, suportam distâncias e desencontros
mas também podem se renovar.


Você me fez pensar que é bom saber
mesmo que muito tempo depois
os porquês de cada um.


É bom saber que em algum lugar 
alguém te quer bem tanto quanto
você quer bem esse alguém.


E que no meio de tanta falsidade, vazio
e desencanto afetos assim podem acontecer
cobrindo os dias com o manto da ternura.


É sempre bom saber
Coração
que afetos verdadeiros não se perdem.






Andréa Beheregaray


  

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Desencontros amorosos - FNAC 17.11.2011



O evento de ontem estava muito,muito divertido (e eu só acredito naquilo que me faz rir)!

Quero agradecer mais uma vez a presença dos jornalistas Marcelo Oliveira da Silva e do Felipe Vieira  que tornaram o bate-papo muito bacana. Quero agradecer também à todos os que foram ontem na FNAC curtir esse evento.

Concluímos juntos que sim, as mulheres são de Marte e os homens de Júpiter, que pensamos e sentimos o mundo de perspectivas diferentes, que os desencontros de ontem são os mesmos de hoje e que no fundo estamos loucos para viver um grande amor, muitas vezes só não sabemos como!



Beijos, beijos e até o próximo

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Samba do Diabo.





Hoje eu tô com o diabo no corpo.
no sangue,
boca
na dança das ancas

Hoje eu tô com o diabo na alma
no cheiro
na lingua
nas minhas melhores lembranças

Hoje eu to com o diabo nos gestos
no jeito
nas curvas
do meu coração   

Hoje eu tô como diabo nos olhos
apreciando desejos
esperando
meu futuro
incerto

Hoje o diabo me tem na palma da mão
Hoje Ele está aqui
a tirar o pó
das minhas emoções.



Notinha antes que algum católico espantólico praticante se espante e olhe para Meu Diabo como algo concreto. Não sou católica, sou grega por natureza!

Injustiça o que fizeram com nosso diabo, essa cisão burra e esquizóide entre o bem e o mal, Deus e o Diabo. Sou muito mais as religiões politeistas, essa coisa tudo junto misturado. Deuses mais humanos, humanos mais sagrados, nada dessa dicotomia entre bem e mal. 


Por que se não fosse o Diabo e suas tentações a vida seria um tédio vazia de emoções.

Não abro mão do Diabo que habita meu coração!    

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Pergunta importante.







Quantas vezes é preciso morrer ainda para continuar vivendo?



Andréa Beheregaray





Bom Dia TPM!!




O negócio é que para ,namorar,casar e todos essas coisas que terminam com ar, homem tem que aprender a lidar com o ataque de TPM. Não qualquer ataque, ataque feminino que é coisa beeem diferente.

Que ataque de homem é franco e direto, começa com um "qualé,quefoi,quetámeolhando" e termina, ou cada um para um lado dizendo coisas como "ficanatua, se não...", ou acaba na porrada que me parece mais concreto e simples por que soco a gente sabe de onde vem e pode se defender ou correr, a escolha é sempre do freguês.

Já ataque de mulher é diferente vem embrulhado em lágrimas, cabelos e lábios contorcidos, envolvidos com o laço da chantagem, da língua afiada que fere feito faca de açougueiro, daquele erro que você cometeu em "miloitocientos" e não sei quando, que você já nem lembra, mas ela lembra todos os detalhes, tim tim por tim tim.

Pois é meus amigo, mulher é boa mas é complicada, mulher é linda mas é difícil , mulher é o máximo mas dá um trabalho do caralho.

Sim, sim, do caralho. E não vou me desculpar pelo palavrão virtual.

Por quê?

Não vou por que não estou afim, não vou por que o problema é meu o blog também e a TPM? 

É minha, mas mais 2 segundos e será nossa, mas voltando...

Não gostar de TPM é a mesma coisa que não gostar de mulher, querer uma é obrigatoriamente ter que levar a outra, venda casada.

Então, para se relacionar com mulher tem que suportar TPM, se não, não dura 1 ano o relacionamento.

Não gostou? Não esta de acordo? Não está afim?

Casa com homem e fica tudo resolvido.




É isso ai BOM DIA TPM!!!    

E eu não te perguntei,
e ninguém fala comigo hoje!



sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Gente agradável o tempo todo.






Observe as pessoas que tem necessidade de serem sempre agradáveis o tempo inteiro. O que elas conseguem é exatemente o efeito contrário. 

Ser agradável o tempo todo com todo mundo torna o temperamento morno, previsível e sem graça.

Como uma comida feita sem muito tempero para agradar a todos os paladares. Come-se uma ou duas vezes para matar a fome quando não se tem outra opção, agora ter que comer todo dia algo sim enjoa.

Assim também acontece com pessoas que tentam ser agradáveis o tempo inteiro, além de soarem falsos, acabam se tornando desinteressantes, indiferentes e INSUPORTÁVEIS!


Por que o que não é autêntico não se sustenta por muito tempo!






Andréa Beheregaray



quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Tudo sobre Simone de Beauvoir!






Dica quentíssima da Marcela Facó,

Site sobre Simone!




Chico Buarque, sobre as mulheres e o processo criativo!








Acusado de fazer música pra pegar mulher, Chico Buarque responde:

"Acho que é diferente. A gente inventa mulher pra pegar música".

_



Fiquei com essa frase do Chico na cabeça. O que ele fala aqui é do processo criativo. Muitas pessoas, acreditam que tudo o que está na obra de um artista, livro, canção, imagem, tem relação com o mundo real, o mundo de fora.

Confundir criador e criatura desta forma é uma total falta de imaginação!

Tudo o que produzimos é, obviamente, nosso. Faz parte de nossa psique,consciente ou inconsciente. Normalmente a segunda é responsável pelas melhores e mais autênticas produções. Mas nem tudo o que produzimos aconteceu CONCRETAMENTE.

Um dia me perguntaram se tudo o que estava nos livros eu tinha vivido. Quantas vidas seriam necessárias para isso? A mágica da literatura é exatamente essa, construir fantasias e personagens, estar atenta ao mundo e as pessoas, navegar em emoções cotidianas e comuns a todos nós.   

E não é o verdadeiro artista esse capaz de construir fantasias elaboradas e materializá-las em beleza através de suas obras?


Deixemos o mundo real para as pessoas sem imaginação!

E dá-lhe Chico!

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Ensaios sobre a cegueira.

Sobre o suicídio - A Ponte.





Um documentário imperdível sobre o suicídio. A equipe de filmagem gravou durante um ano a ponte de São Francisco considerada o lugar preferido dos suicidas. Além dos registros o documentário traz ainda entrevistas com familiares e amigos. 

Impactante.    




segunda-feira, 7 de novembro de 2011

O que olho é capaz de ver?








Onde você vê superfície

eu vejo mistério.




Onde você vê solidão

eu vejo encontro




Onde você vê dificuldades

eu vejo possibilidades.




Onde você vê chegada

eu vejo caminho




Onde você vê escuridão

eu vejo magia




Onde você vê tédio

eu vejo paz





Onde você não vê nada

eu vejo tudo!





Por que o que nos faz ver

não é o olho

mas a alma!!




Andréa Beheregaray

Da série
O olho que sabe ver.

Livros Sábios





Os livros aguardam
pacienciosos na prateleiras
o tempo
certo

como os filhos,
como as flores
como a hora da lua
os livros aguardam 

Não é possível forçar
inútil insistir
todo livro tem
o tempo exato de se abrir.

Os livros aguardam
o leitor estar pronto
aguardam anos a fio
espiando da estante

No dia que tem que ser
se faz ver
convida os olhos
à descobrir

Que livro é feito
pra ter sentido
Que livro é feito
pra ter efeito

Eles saberão 
A hora certa
E se deixarão ler
por você.   



Andréa Beheregaray

Da série,
AMOR PELOS LIVROS.

sábado, 5 de novembro de 2011

Sobre viver e morrer.






" O que importa não é saber se existe vida após a morte.

O que importa é estar vivo antes de morrer!"







Filme Depois de Partir.








sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Por que os homens estão tão difíceis?


Hoje no Jornal do Almoço surgiu esta questão,

por que, afinal, os homens estão tão difíceis

e evitando se envolver?

Salvo exceções, os com menos de 30 anos, 

evitam o casamento.

Dai fiquei pensando que, talvez,

a lei da oferta e da procura.

tem muita oferta de mulher por ai,

escolher pra quê se dá pra se divertir muito?

Já as mulheres adoram se relacionar.

Um homem pode estar saindo com 5 mulheres por um longo período e considerar que nenhum dos 5 casos é um `relacionamento´ de verdade.

Já as mulheres ficam 2 ou 3 vezes e já consideram isso uma espécie de relação

é que o conceito `relacionamento´ não é o mesmo para os dois times

e ai começam os problemas.

Como dizia o poeta " a vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida". 

É, e não é?


  


quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Amanhã galera!!

Você conhece a história do seu prazer?



O Malleus Maleficarum escrito em 1484 é um tratado de caça as bruxas.
Quem leu o livro percebe que a sexualidade, o desejo e o prazer feminino é criminalizado.
Ter prazer é pecado, quem tem prazer tem um pacto com o demônio ( senhor da luxúria), só as Bruxas tem prazer,mulheres `normais´ não.

A sexualidade feminina levou mais de 60 mil mulheres à fogueira.

A igreja e criminalizou o prazer feminino, só aos homens é permitido gozar.
O  Papa estava de acordo com o conteúdo do livro e a igreja foi o grande instrumento de morte nessa época.

Desde de sempre a Igreja encoraja o sexo para procriação, procriar depende da ejaculação masculina e a ejaculação masculiana está ligada ao prazer.
Já as mulheres não tem o óvulo ligado ao gozo, desta forma nosso prazer não está ligado a procriação e é portanto desnecessária.


Filhas de Eva

Descendentes das Bruxas

Herdeiras da culpa

Nosso pecado maior

é gozar.


quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Alguns amores.





7 vidas para esquecer você. 

Por que a memória é como os gatos

tem vontade própria

e só faz o que lhe convêm.

 


Andréa Beheregaray